Serviço

Promoção da Cultura

Portal PROEXC
22/05/2015 - 21:04 - atualizado em 23/07/2019 - 17:01
Público-alvo: 
Estudante, Professor, Técnico Administrativo, Comunidade Externa

Arte na Praça: O festival Arte na Praça existe desde 2002, sendo um dos mais tradicionais projetos da Diretoria de Cultura, e objetiva democratizar e socializar a produção cultural, especialmente na música, promovendo o intercâmbio e a apresentação de artistas.  As atrações que o evento disponibiliza, de forma gratuita, efetivam o acesso à diversidade cultural, promovendo um rico e único espaço de ambiência e convivência através de manifestações em linguagens, tais como: a música, o teatro, a dança, artes visuais e culturas tradicionais, possibilitando a interação sociocultural do público e a integração entre os diversos profissionais das artes, de maneira inter e transdisciplinar. 

Cine UFU: O projeto Cine UFU tem como objetivo fomentar a diversidade cultural na comunidade universitária através da realização de mostras de filmes com propostas temáticas, buscando revisitar o conceito de cinema ao ar livre.  Com o acervo em VHS existente na Dicult é possível trazer ao conhecimento público a produção cinematográfica dos anos de 1916 a 2004, com mostras de filmes de cerca de 50 países.  Buscando intervir e ocupar espaços comuns, propiciando, não apenas um momento de lazer, mas também, uma via de acesso para a apreciação estética, o diálogo sobre concepções e atitudes relativas às questões sociais, políticas e culturais de cada época. 

Casa de Cultura Negra Graça do Aché: Casa de Cultura Negra Graça do Aché, também conhecido como Centro de Informação e Referência da Cultura Negra de Uberlândia e Região, é um equipamento cultural da UFU que tem por finalidade atuar como promotor de ações que visem ao fortalecimento da cultura negra em Uberlândia e região, além de contribuir com o processo de conscientização da responsabilidade social, do respeito às diferenças étnico-raciais e na promoção da cultura e história afro-brasileira. 

O nome Graça do Aché refere-se à Maria da Graça Oliveira, ativista de questões sociais, políticas e culturais, que em 1988 criou o Bloco Aché – grupo carnavalesco em comemoração ao centenário da Abolição da Escravatura, que trouxe para o Carnaval de Uberlândia uma proposta moderna e arrojada, reiterando a influência africana por meio do seu diálogo com a ancestralidade. Neste panorama, a Casa de Cultura Negra Graça do Aché recebe este nome com o intuito de continuar com ações que possibilitem a formação e o acesso à informação da população negra em geral, utilizando a cultura como meio para alcançar esses objetivos.

Contando com uma programação fixa contemplada por oficinas, exibições de filmes, rodas de conversa e apresentações artísticas das mais diversas, o espaço se torna palco de fomento e de divulgação da cultura negra na região.

“Quero mostrar a todos o poder do povo negro... acredito na transformação dessa nossa juventude e quero que ela seja protagonista de sua estória. Existe a nossa frente um caminho a ser percorrido em direção ao futuro, e isto significa fazê-lo com consciência individual e coletiva nas trilhas de nossas raízes.”
- Maria da Graça Oliveira

Coral da UFU:  corpo artístico da UFU fundado em 1977, pelo Prof. Dr. Carlos Alberto Storti. Sua principal atribuição é cultivar obras corais de diversos gêneros, estilos e épocas. Regido desde 1981 pela Prof. Edmar Ferretti, seu repertório é executado com depurada técnica vocal cantada e autenticidade dos estilos, e seus trabalhos são voltados para atingir elevado nível de expressão artística. No ano de 1983, o Coral instituiu o projeto A Ópera no Triângulo, levando à cena a Cavalleria Rusticana, de Pietro Mascagni. Dessa data até 2017, seguiram-se 14 óperas e mais de quarenta espetáculos cênico-musicais, além de apresentações em dezenas de recitais de autores brasileiros e universais. Em 2017, o Coral da UFU completou 40 anos e para celebrar sua jornada artística e cultural foi realizado o espetáculo Uma ópera aos 40!. 

Outras importantes atribuições do Coral da UFU são:

1.    realizar a manutenção e conservação de seu acervo de figurinos e adereços;
2.    atualizar o registro de suas atividades durante cada ano de atuação;
3.    manter informatizado o acervo de obras musicais, acumulado desde o início de suas atividades artístico-culturais.

 






Responsável